Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A morte e o poeta

-Vim buscar-te, pois é chegada a hora!
Não há clemência para ti, poeta!
Escolhe a poesia predileta...
Prepara-te! Vou levar-te embora.

-Não poderias vir em outra hora?
Argumenta o poeta, aflito.
Tem um poema que não foi escrito!
Eu gostaria de escrever agora.

-Viveste em poesia toda a vida!
Minha missão terá de ser cumprida;
não te concedo mais um só minuto.

Mas o poeta, em sua agonia,
ainda pôde ver a poesia
chorar o verso que vestiu seu luto.

Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 26/01/2006
Reeditado em 26/01/2006
Código do texto: T104157
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
1334 textos (57790 leituras)
5 áudios (264 audições)
13 e-livros (3193 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:29)
Herculano Alencar

Site do Escritor