Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Acesas

Pupilas que me deixam imaginar
De grandes que cintilam ao luar
Como olhos resplandecem iguaria
Parecem o meu sol da noite fria

Lençóis que pegam fogo a se alagar
Um tal calor se expande pelo ar
Distante em céus imensos de euforia
São íris em sussurro que eu vivia

Em ser quando me abraças devagar
Um tal que te fizesse suspirar
E separar as pernas na folia

E desse haver tão grande o desejar
Quisesse o meu juízo ser um mar
Da falta de pudor que me encheria

Miguel Eduardo Gonçalves
Enviado por Miguel Eduardo Gonçalves em 06/03/2006
Reeditado em 06/03/2006
Código do texto: T119595
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Eduardo Gonçalves
São Paulo - São Paulo - Brasil
909 textos (30689 leituras)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:27)
Miguel Eduardo Gonçalves