Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tabernas

Ó lôbregas tabernas que soluçam
Ébrias e dementes a delirar.
Posso ver vossas entranhas que embuçam
Assentos tão cômodos de meu lar.

O que tendes nesses ares que aguçam,
Mentes sãs embebidas no luar?
Líquidos inebriantes que pulsam
E pulsantes estão a inebriar?

Quero me embriagar no sangue teu
E dormir no chão plebeu
Que pulsa em teu seio com fervor.

Chegarei a ti despido de virtude
Pedirei um copo de atitude
Com uma dose de amor.
Moreira Gaspar
Enviado por Moreira Gaspar em 24/03/2006
Código do texto: T127962
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite a autoria de João Paulo Gaspar). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Moreira Gaspar
Acopiara - Ceará - Brasil, 28 anos
48 textos (3420 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:30)
Moreira Gaspar