Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Despertar

Ainda és menina e teu fruto verde-claro
Repousa sereno na zelosa folhagem
Que o sono inocente acalenta feito pajem
Neste cenário encantado com que deparo.

Caminho desejoso seguindo meu faro
E me lanço de arroubo tomando coragem,
Que só existe porque os sentidos reagem,
Mas ofereço mais em momento tão raro...

Se me devotas tão crédula teu apreço
Na sublime despedida da castidade,
Honra que me atordoa ao cismar se mereço,

Prometo de tudo fazer como te agrade,
Desde beijos e carícias com que te aqueço
Até devassar-te de todo a intimidade.
Éder de Araújo
Enviado por Éder de Araújo em 14/04/2006
Reeditado em 08/07/2008
Código do texto: T139140

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Éder de Araújo
Santo André - São Paulo - Brasil, 47 anos
158 textos (18907 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:27)
Éder de Araújo