Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(VIII) 2. BRAMIDO DO MAR.

APESAR DO BRAMIDO DO MAR
EU SEI VOCÊ IRA ME ESCUTAR
NÃO VOU GRITAR, NEM SEQUER FALAREI
APENAS LAGRIMAS SAUDOSAS VERTEREI

E AS ONDAS MAJESTOSAS, GRANDIOSAS
QUE A OUTROS FARIAM TREMER
VEM CARINHOSAS, AMOROSAS
MINHAS LAGRIMAS NA PRAIA DOS ANJOS COLHER.

E ESSAS ONDAS COM SEU VAI E VEM
NESTE ORA SUAVE, ORA VIOLENTO BALANÇO
HÃO DE LEVAR ATÉ VOCÊ MEU BEM

UM PEDIDO QUE COM MINHAS LAGRIMAS LANÇO
COM UM SUAVE CHEIRO DE MARESIA:
VEM PRA ARRAIAL SER MINHA ALEGRIA.
Valdezz
Enviado por Valdezz em 05/05/2006
Reeditado em 03/09/2008
Código do texto: T151098

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valdezz
Arraial do Cabo - Rio de Janeiro - Brasil, 63 anos
159 textos (14673 leituras)
2 e-livros (35 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:20)
Valdezz