Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto do Início

Ao tempo que nos resta eu espero,
Momento mais alegre que o triste,
Agora que você em mim existe,
Não posso mais negar que não te quero.

Do dia guardo muita ansiedade,
A noite só desejo o seu amor,
E sentir em seu peito este calor,
Um misto de loucura e sanidade.

Tímida que as poucos se fez louca,
E o medo que eu senti quando te ví,
Aqueceu, me deixando abusado:

Meu lábio encostou em sua boca,
O beijo confirmou que eu por ti,
Já estava loucamente apaixonado.

PS: Também é um acróstico.
Lupo
Enviado por Lupo em 10/05/2006
Reeditado em 10/05/2006
Código do texto: T153762
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lupo
Ilha Comprida - São Paulo - Brasil, 41 anos
44 textos (1391 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:42)
Lupo