Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fim de Tarde

Fim de Tarde

Um barquinho solitário navegava
Nas águas tranqüilas da enseada,
Duas almas em idílio entrelaçadas
O barquinho no seu bojo agasalhava.

Fim de tarde, o Sol já se escondia
Atrás das nuvens o horizonte multicor
A brisa a murmurar hinos de amor
Anunciando o melancólico fim do dia.

Na praia os banhistas se molhavam
A se livrar dos últimos grãos de areia,
Em seguida buscavam seus caminhos

À distância as gaivotas se empoleiravam
Para os filhotes levando suas ceias,
Que ansiosos esperavam em seus ninhos.
                                         
                                                   Eu,ala
Euala
Enviado por Euala em 05/06/2006
Código do texto: T169951
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Euala
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil
42 textos (3008 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:36)