Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Frio da Solidão

Estou sozinho, triste em minha solidão.
Dilacero minha alma, esta pobre condenada!
Estou partindo, partindo o meu coração,
Em mil pedaços, sofrendo esta dor irada!

Eu quero morrer! Pois não te tenho.
Quero-te, só para mim, e mais ninguém!
Eu quero ir, mas sequer venho,
Do calabouço, onda não há alguém!

Possesso de raiva e tristeza.
Sentimento desprezível,
De raiva e avareza.

Eu, que sou sensível,
Nunca amei, como te amo!
Nunca enganei, como me engano...
Beppo
Enviado por Beppo em 06/06/2006
Código do texto: T170227
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Beppo
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 29 anos
29 textos (1753 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:51)
Beppo