Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rotina.

Ele se eleva por trás dos montes.
Entre névoas, com vigor, aflora;
O sol, astro rei, poderoso, supremo...
Vem e brinda-nos com a boreal aurora.

É a luz que dá vida aos bosques, às flores;
Faz-se a pino, sua luz fulgura;
Enaltecendo os vales, as cores...
E vai morrer triste na noite escura.

Anos e anos na eterna rotina,
É a vida que se renova em labor.
Nervosa, sutil; ampla, tão intensa...

Tudo nasce, cresce, vive e finda;
Até mesmo o sol terá que se pôr,
Para que a alvorada aconteça.
Ciro do Valle
Enviado por Ciro do Valle em 10/06/2006
Código do texto: T173175
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ciro do Valle
Salesópolis - São Paulo - Brasil
99 textos (5150 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:59)
Ciro do Valle