Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FLOR SAUDADE




A saudade bateu à minha porta.
- Cabeleira de prata, tão velhinha.
Alquebrada, buscou-me, quase morta.
Recebi-a por pena, coitadinha.

Ela veio, postou-se junto a mim.
Cafuné na tristeza ela me fez.
Disse à morta ilusão coisas sem fim
E a distância do tempo ela desfez.

Achegou-se de leve, sorrateira,
Despertou-me recônditos desejos,
Avivando, cruel e traiçoeira
A saudade que sinto de teus beijos...

Abraçou-me a saudade em despedida,
Enlaçou-me feliz, depois partiu:
Foi com ela uma flor emurchecida
Flor saudade que se descoloriu
Linandre
Enviado por Linandre em 28/06/2006
Código do texto: T183713
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Linandre
Itabira - Minas Gerais - Brasil
244 textos (18338 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:36)
Linandre