Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto de quem deseja escrever um poema

Desejo escrever um poema, vos conto...
Que grite nas vozes da alegria
O quão bela poderá ser a vida
E viva, enfim, todo dia!

Que belo seja... mesmo nas mágoas
E traga enfim no grandioso peito
Iluminando no alvorecer da matina
Soando tão só que sóis perfeito!

E este meu poema sublime
Cantado pela vida, de cor
É o mais que no coração se exprime

É tudo! É felicidade, é dor...
Algo que no mundo sempre se reprime
De tão infinito que se faz o amor!
dhália
Enviado por dhália em 25/07/2006
Código do texto: T201536
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dhália
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (5113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:47)
dhália