Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERSO NEGRO

Ecoam ganidos aos quatro cantos

delatando o perigo em agonia…

Mulheres pequenas gritam aos prantos

em triste e profunda diafonia!

 

Sibilas profetizam os quebrantos;

Feitiço, bruxaria: - Fere e queima!

Pessoas leigas imploram aos “santos”

lugar sob as Asas da Luz Suprema…

 

Na cascata, ao clarão da lua cheia,

um louco acende para quem odeia,

um “toco”, e transforma-se… (Impuro e Torpe!)

 

Era um halo de luz: - Sábio e forte!

Hoje o amor e a lucidez desvanecem

ao desejar para o próximo: - Morte!


Mário Vigna
Mário Vigna
Enviado por Mário Vigna em 03/08/2006
Código do texto: T208010
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mário Vigna
Votorantim - São Paulo - Brasil, 44 anos
9 textos (230 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:07)