Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Teu sorriso



Obs – certa vez, para desafiar o Professor Antonio Viçoso Magalhães, deixei uma quadra sobre a mesa dele e escrevi: - “Termine o soneto”. Nasceu assim, esse soneto a quatro mãos.

Nesse sorriso triste que me traz
Cruéis indagações, tenho encontrado
Dor e felicidade, lado a lado,
Em busca de harmonias e de paz!

Mas eis que no meu mundo limitado
Por um sorriso ingrato, acre e falaz,
O teu lindo sorriso apaixonado,
Tramas de angústias mil, faz e desfaz!

Se não te encontro, o coração soluça;
Quando te vejo, o coração palpita
Em grandioso segredo que se embuça

Na máscara forçada da alegria!
Doce incêndio de amor, arde e crepita,
Dentro min’alma, desolada e fria...
Marcos Coutinho Loures
Enviado por Marcos Coutinho Loures em 03/08/2006
Código do texto: T208489
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Coutinho Loures
Muriaé - Minas Gerais - Brasil, 80 anos
29 textos (3213 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:34)