Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR (Luís Vaz de Camões)

Eu sei, eu sei, a regra é: não publicar texto que não seja de sua autoria. Mas como, sobretudo em Letras de Música, tá assim de gente fazendo isso, julgo-me no direito de também transgredir o figurino com este lindíssimo e insuperável soneto, do grande Camões, o maior dos poetas lusos:

Amor é um fogo que arde sem se ver


Amor é um fogo que arde sem se ver,
É ferida que dói, e não se sente;
É um contentamento descontente,
É dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
É um andar solitário entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É um cuidar que ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?
DIMITRI
Enviado por DIMITRI em 07/08/2006
Reeditado em 07/08/2006
Código do texto: T211255
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DIMITRI
Londrina - Paraná - Brasil, 49 anos
29 textos (1014 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:44)