Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O âmago em mim

Estes rios mórbidos, em mim
De lembranças, escolhas da vida que vivi
Deságuam em minha consciência branda
Pois escolhas errôneas não se afundam

Pego um espelho opaco, tento olhar para mim
Para aquele olhar  puro que eu tinha
Mas por mais que eu o procure não o acho, não o tenho mais
Só ficou um vazio, ameno,fraco e mórbido

Será que uma vida simples e boba me traria a felicidade?
Será que este caminho cheio de testes valerá a pena?
Acho que um dia saberei mas ate lá
Não renunciarei as decisões que me fizeram o que sou hoje por miragens milaborantes

Há que testes  a vida me traz
Porque tive que escolher entre o certo e o fácil
E porque o certo não me satisfaz, não me completa...

Nessa vida que sempre cobra por tudo eu vou
Em busca talvez de heresias abstratas
Mas que a mim, são devaneios sonistas

Que a vida renasça em cada novo sorriso que cruzar o meu caminho
Só assim o âmago em mim, ficará e soberbo com essa minha vida
Para assim merecer a heresia que tanto busco
ghost
Enviado por ghost em 09/08/2006
Reeditado em 27/03/2011
Código do texto: T212771

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ghost
Goiânia - Goiás - Brasil, 30 anos
11 textos (570 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:21)
ghost