Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pai, Eu e a Cruz

Os belos dias que vivo a suas lembranças
São dias de horas longas, dias de esperanças
Cada mar que a ti sequei, cada asa que abri
Por ti, me crusifiquei, e na cruz não sofri

Seja feita a vontade do pai
Sofrer para mim é o alento, o sucesso
O amor está no corpo que cai
O amor não está no acesso

Ilusões afagão
Razões, apagão
Virginianos, me matão

Pai celestial, tú me entendes?
Pai cordial, tú sabes do que falo?
Divino Eu, só tú me entendes?
Gustavo Franco
Enviado por Gustavo Franco em 25/08/2006
Código do texto: T225231
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Gustavo Franco - http://recantodasletras.uol.com.br/autores/gustavofranco). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Franco
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 27 anos
51 textos (2050 leituras)
1 áudios (22 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:52)
Gustavo Franco