Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ATRASEI-ME NO CAMINHO

(Mito da Reminiscência, o não-esquecido. Platão in Fédon).

Sinto-me sempre vivendo em terras estranhas,
longe de casa e dos afagos de uma vida plena,
ando ligeiro entre os espinhos que me cercam
para não conspurcar-me na rudeza do caminho.

Por que esta saudade invade minhas entranhas,
memória distante de um tempo que me acena
com outras lembranças, certezas que despertam
sem que ao menos eu consiga discernir sozinho

se os sonho acordam idéias que se criam a esmo,
alguma miragem do deserto, areias em torvelinho,
ou traduzem o entendimento de um saber antigo?

Prefiro pensar que sou prisioneiro de mim mesmo
atrasei-me no percurso que leva a um velho ninho
andei perdido, distante do meu verdadeiro abrigo.

José Luongo da Silveira
Enviado por José Luongo da Silveira em 01/09/2006
Código do texto: T230504
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Luongo da Silveira
Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil
78 textos (1180 leituras)
1 e-livros (50 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:13)
José Luongo da Silveira