Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto para a lua

Em cadafalsos que me permitem outorgar novos passos
vou me juntando a cada luar que me vistes vencido
Permita me olhar novamente para seus traços
nada que uma cura para o semblante ferido

Em soluços de lástimas e dor intensa
Conversando com meus próprios demonios sinceros
Vou me alimentando dos laços de sua presença
toda vez que a lua me oculta os seus sorrisos singelos

E de amargo a estimulado
gritante em cortes sepulcrais
seja lua ou noite escura

que eu nunca me deixa ao estado
de nunca te bendizer cada vez mais
em toda nosso amor até a sepultura!
Lord KkaoS
Enviado por Lord KkaoS em 12/09/2006
Código do texto: T238334
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lord KkaoS
Paranaguá - Paraná - Brasil, 32 anos
3 textos (92 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:48)
Lord KkaoS