Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto de Felicidade

Me diga somente por onde tu andas
Me Mostre o caminho para eu te encontrar
Que dentro de mim de ti só lembranças
Restaram pra me confortar

Nem mesmo os astros a espreitar pela noite
Nem mesmo as flores indicam um lugar
Por onde tu andas, por que não dizes
Para que possamos nos reencontrar?

Tu és a ventura, o sucesso, o sorriso...
O tal sentimento que é tão preciso
És tão contrária a  lugubridade...

Me diga somente por onde tu andas
Pra que eu já ausente não perca a esperança
de clamár-te ao mundo, ó Felicidade!
lucheco
Enviado por lucheco em 17/09/2006
Reeditado em 07/05/2010
Código do texto: T242589
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
lucheco
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
128 textos (62103 leituras)
6 áudios (1218 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:18)
lucheco