Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO DO SÓ DESVENTURADO

Eis a primeira linha,escrita
De versos que faço a dizer
Desta dor,mágoa de um parasita
Que apodrece,seu sonho, sem saber.

Vida de enganos,desventurados
Que passais no mundo a chorar,
Minha existência,dor de torturados,
Por meios destes, vim compartilhar:

Em rotas tortas eu me desfaço,
Abstendo-se de mim a cada passo
Ouço o silêncio de um sininho

Que sussurra lamentos nefastos,
Chora as dores de um mundo mesquinho
E ressoa a mágoa de Ser...
                                        [Sozinho.


Samantha Medina
Samantha Medina
Enviado por Samantha Medina em 18/09/2006
Reeditado em 21/08/2009
Código do texto: T243151

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Samantha Medina
Recife - Pernambuco - Brasil, 30 anos
120 textos (21414 leituras)
1 e-livros (40 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:34)
Samantha Medina