Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Era o caminho do Sol

Nesta Ilha dita pelos indígenas como sendo do Mel,
Cidade Presépio para os que a vêem do alto altar;
O Convento da Penha é um mirante tão visível,
Que sua vista da baia se quer muito abraçar!

É uma imagem inesquecível guardada na lembrança,
Deleite da natureza dado em presente aos visitantes,
Cujos momentos cá são exuberância e mui esperança,
Aos olhos aflitos por caracteres da paz, representantes!

Nesta terra insular, então, que tanto qualifico,
Descrevo que o Sol caminhava em liberdade,
Por um horizonte de matas, belas praias, rios...

Porém, que hoje, pelas mãos do homem foi obstado,
Fizeram a Estrela-Mãe tornar-se alpinista na vertical,
A escalar arranha-céus e a tirar seus raios do litoral.
Rogério Guasti
Enviado por Rogério Guasti em 18/09/2006
Código do texto: T243530

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site www.recantodasletras.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rogério Guasti
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 36 anos
333 textos (32457 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:40)
Rogério Guasti