Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO DO MEU DESEJO

Queria, nas fontes do amor, sentir-me
Bem próximo de ti, virgem graciosa,
Gritar teu nome ao firmamento, formosa!
No eco do meu grito, eu próprio ouvir-me.

Quisera tanto ver-te! Tanto! Tanto!
Não mais viver a espera, a profecia
De ter contigo um amor imenso (nostalgia)
E de me livrar da dor cruel do pranto.

Queria, sim, ouvir-te pedindo (com desejo)
Um beijo, no arrimo forte de um abraço
E uma palavra (de carinho) neste ensejo.

Em ti, sentir a paz enorme da amante;
De ti, ter apreço, carícias – almejo...
Por ti, viver o amor terno, palpitante...

Esta poesia foi escrita em 15.05.81
E está no meu livro “SONETO E POESIA...”
Publicado em 1982.
Fernando Wallace
Enviado por Fernando Wallace em 21/09/2006
Código do texto: T246132
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Wallace
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
7 textos (359 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:41)
Fernando Wallace