Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Flores íntimas, estrelas confidentes

Contam alguns os seus segredos às flores,
À hora em que a tarde feito um sonho desce,
E a flor na fragrância esparja os seus amores,
Que como a essência do amor na esperança cresce!

Outros aos frequentes e densos ventos rugidores,
Clamando, o peito em fúria, as mãos em prece;
Outros à branca linfa, que essas dores,
Às margens dos ribeiros logo esquece.

Porém eu, para contar os meus martírios,
Busquei aquela estrela que a seguir-me
Vem e de lírios todo o espaço junca.

Contei, sorrindo, o meu segredo a Sírius:
Sei ao menos que ficará ao céu firme,
Pois que as estrelas não se movem nunca.  
Rogério Guasti
Enviado por Rogério Guasti em 14/10/2006
Reeditado em 21/10/2009
Código do texto: T264185

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site www.recantodasletras.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rogério Guasti
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 36 anos
333 textos (32450 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:43)
Rogério Guasti