Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ausência

Por que feres com teu aguilhão?
Porque inundas um coração fugaz?
Tirando a paixão, o encanto, a paz
Por onde andas com tua direção?

Por que condenas o pobre?
Aindas deixas o teu rosto ver?
Avultas de desgraça ao nobre
E enclausuras de negridão o ser

Por que não te fadigas da verdade?
E te desenhas de encantos mil
A paixão passa e te trará saudade
Da felicidade longínqua que partiu

Por que te chamas Ausência?
Se preenches o ser que de amor exauriu


Junior Antonio
Enviado por Junior Antonio em 18/10/2006
Reeditado em 18/10/2006
Código do texto: T267670
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Junior Antonio
Paracatu - Minas Gerais - Brasil
181 textos (8146 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:05)
Junior Antonio