Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
A arte é assim

Como um simples olhar pro céu
Uma noite claro-cristal
É quente sol que sinto em ti
Nem hesitei quando gemi

Emboscada que o fogo incita
Desabrocha a flor proibida
E tal serpente em bote certo
Assim afaga um jeito esperto

Como ao sabor que das carícias
Verte, retesa o falo ao ver-te
Afã ávido que inicias

Te afagarei enquanto amante
Louco por tua juventude
Estou perdido doravante
Miguel Eduardo Gonçalves
Enviado por Miguel Eduardo Gonçalves em 07/11/2006
Código do texto: T284719
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Eduardo Gonçalves
São Paulo - São Paulo - Brasil
909 textos (30712 leituras)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:15)
Miguel Eduardo Gonçalves