Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PLEBÉIA



                                Inspirado no soneto
                                CIO de Marcos Loures


PLEBÉIA

Princesa nunca fui, sequer pretendo
morar em um castelo gradeado
cercada de lacáios, só me vendo
em olhos que anseiam meu pecado.

Disputas não desejo, nem fomento,
prefiro a paz brilhando, o sol lá fora.
Só quero e dou valor ao sentimento
que une corações na mesma hora.

Sou plebéia e contemplo a natureza
atenta aos seus detalhes, e à beleza
que oferta a quem tem alma de esteta.

Quero, pois, te ofertar este poema,
não importa se tem rima, qual o tema.
Só importa eu saber que és poeta.



HLuna
Enviado por HLuna em 13/11/2006
Código do texto: T289763
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/helenaluna). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HLuna
Fortaleza - Ceará - Brasil
9358 textos (236137 leituras)
15 e-livros (905 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:20)
HLuna