Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESENHA-ME

Desenha-me diante dessa festa
ultra-secreta, e como um quadro venhas,
curva de rio, braço de mar, em senhas...

Que se este corpo é todo orgia apenas,
diz se não queres, que nada mais resta;
festim em gota, escorre, cala e cresta...

O meu sangue fala por mim, gigante, e
tu me envolves por onde o sexo é um touro
enlouquecido... Carne quente, avante,
aonde chegam as mãos pelo tesouro...

Nada a dizer, este sentir garante,
que tudo é magia... Este é teu, não outro;
e teu rigor é fantasia arfante,
que chega forte e com poder de ouro!
Miguel Eduardo Gonçalves
Enviado por Miguel Eduardo Gonçalves em 21/11/2006
Código do texto: T297305
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Eduardo Gonçalves
São Paulo - São Paulo - Brasil
908 textos (30683 leituras)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:48)
Miguel Eduardo Gonçalves