Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O MARGINAL

Muitos me culpam por ser assim
Muitos culpam o ambiente em que estou
O que sou, sou. Mas, meu instinto é ruim
Ele é que me faz ser o que não sou

O que faço não vem de mim
Vem dos que apelam a justiça com um fim
E levam muitos como eu para o jardim do céu
Que sendo bom entra qualquer plebeu

Mas, sou bom. Ruim é a necessidade
Que nos obriga a seguir o ramo da maldade
Sem pensar no azar ou na sorte

E são muitos que a necessidade domina
Buscando o seu maldito salário na esquina
Sem pensar que estão no trampolim da morte.
gercino arruda
Enviado por gercino arruda em 22/11/2006
Código do texto: T298153
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
gercino arruda
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 56 anos
15 textos (471 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:30)