Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A terra que amparou meu coração

A terra que amparou meu coração,
o ar que levou-me os cantos pelos ventos;
o fogo que ardeu minh’alma a paixão;
a água qu’escorreu-me em grandes momentos;

a luz que ecoou-me os olhos alentos;
a treva que abateu-me a escuridão;
o Universo que vos fez com talentos;
o inverso que me fez à sua mão.

S’esta claro que todo mor romance
da n’alma dor qu’a falta se apresente,
tenho eu, então, eternamente esse castigo.

Há neste sentimento algum abrigo?
Oh!Deleitosa nume, que se é ausente,
tanto posso com’o farei, seu lance.
Aprendiz
Enviado por Aprendiz em 23/11/2006
Código do texto: T299611
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aprendiz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 31 anos
40 textos (1470 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:33)
Aprendiz