Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Só tu me salvas!

Busco na multidão um rosto amigo,
Principalmente nos momentos mais difíceis,
Desta vida de cárcere das lamentações se abrigo,
Que sobrevivo sem o apoio emocional de minhas raízes.

Não entendo, então, o porquê da concepção,
Deste fruto que sou eu tão... martirizado,
Pelo simples fato de existir e ter relação,
Que me atrela o nome e me consome o humano.

A alma, digo, encontra-se fraca e assolada,
Pelo terror das induções negativas sem razão,
Que leva este ser a condição triste e imota.

Viver para quê? Só se for para ter descanso,
Nos teus braços, ombros, colo, e beijos!
Já que és quem me entende nas mesuras do ocaso.
Rogério Guasti
Enviado por Rogério Guasti em 26/11/2006
Código do texto: T302215

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site www.recantodasletras.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rogério Guasti
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 36 anos
333 textos (32457 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:36)
Rogério Guasti