Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto Derramado

A moça de coração partido
andava nua pela praia
repartindo o sol e a solidão.
Pão doce que azedou.

O mar enamorado
avançava sobre a areia
que o nordeste conduzia.
Caldo que entornou.

Era leite derramado
o amor que se acabou.
Quebrou na pedra fria.

Era canto de sereia
ilusão da maré cheia
que o poeta imaginou.

Marco Araujo
Enviado por Marco Araujo em 30/11/2006
Código do texto: T305487
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Araujo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 56 anos
77 textos (2339 leituras)
12 áudios (748 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:14)
Marco Araujo