Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Doce Penedo



Precipito ao precipício, era o início
Vasto horizonte, teu doce penedo
Um sorriso largo dormido, fictício
Na profundidade do rosto o segredo

Dormindo disseste-me teu bom vício
Fizeste-me ave que voa ao arvoredo
Que mergulha cego ao teu precipício
Em meus braços perdes todo medo

Chamas o Sol em um horizonte sincero
Sempre em horas perfumadas espero
Prendo-te neste amadeirado perfume

Escura noite nossa cumplicidade e lume
Combinado à música que tarda a noite
É nosso selo labial, nosso calor e açoite.

Lord Brainron

lordbyron
Enviado por lordbyron em 11/08/2011
Código do texto: T3152958
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
lordbyron
Itapetininga - São Paulo - Brasil
368 textos (22734 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 05:40)
lordbyron