Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SONETO

Nunca negues o amor a quem
procura teu ninho numa noite escura
nunca negues o pão a alguém
que vem ao teu encontro com brandura.

Se tiveste a sorte de ter mais,
de quem te procura no momento
pensa bem daqui pra onde vais,
pois terás um justo julgamento.

Nunca pense que é tudo o dinheiro
ainda que tenhas muito amontoado,
nunca negues nada nem a um forasteiro.

Jamais apedrejes a um oprimido
jamais zombes do pobre coitado
pois longo e triste será teu gemido.
Antonio Tavares de Lima
Enviado por Antonio Tavares de Lima em 11/08/2011
Reeditado em 23/11/2013
Código do texto: T3153296
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Tavares de Lima
Itapipoca - Ceará - Brasil
583 textos (87535 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 11:18)
Antonio Tavares de Lima