Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desejo contrito (Inspirado na poética de Bocage)


Me evaporei nos bacanais noturnos
junto aos vapores que do amor exala.
Meu coração a me roubar a fala
e o meu pudendo erétil e taciturno.

Se das paixões eu fiz minha cabala,
a minha reza, meu fervor divino...
Me entreguei, inteiro, qual menino
a degustar dulcificante bala.

Hoje amante, como sou, do mundo,
trago min'alma a flutuar no Tejo
e o meu corpo, este vagabundo,

vai, mendigando, procurar o beijo,
que outrora fora meu cada segundo,
mas sucumbiu na sombra do desejo.
Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 14/09/2005
Código do texto: T50542
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
1334 textos (57795 leituras)
5 áudios (264 audições)
13 e-livros (3193 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 07:01)
Herculano Alencar

Site do Escritor