Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto de Sonho Bom

Daquele sonho que se sonha só
Nem a esperança resiste
Se nada de real existe (?)
Quando se acorda (e tudo vira pó)

A garganta se faz em nó
Quando a lembrança insiste
O coração, de bater não desiste
E nos enche o peito sem dó

Lembrar de ti, já é um sonho
Dos beijos trocados
Do doce gosto de mel

Os lábios tocados (molhados)
Sob o manto azul do céu
Alegra o peito tristonho

(Fabrízio Stella - 27/08/2007)

Fabrízio Stella
Enviado por Fabrízio Stella em 27/08/2007
Código do texto: T626322

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fabrízio Stella). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabrízio Stella
São Paulo - São Paulo - Brasil, 40 anos
57 textos (2613 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 11:32)
Fabrízio Stella