Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRISTE SILÊNCIO

Teu silêncio incita um fragor no vão de minh’alma
E alimenta a dor de uma tristeza profunda
Queixo-me à tua ausência, não encontro calma
Para secar o pranto que meu olhar inunda

Se em teu peito já não há a doce saudade
E minha insensatez te induziu a partir
Suplico em silêncio por tua piedade
Pois ainda me resta uma alma a vagir

Onde está a tua clemência
Por que fazes prantear assim meu coração
Tirando o sentido de minha existência?

Liberta-me pois desta cruel solidão
Rogo-te entre lágrima tenha complacência
Diga-me que ainda sou a tua paixão!



Nádia Mourão Mello
Enviado por Nádia Mourão Mello em 30/08/2007
Reeditado em 17/10/2008
Código do texto: T631083
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nádia Mourão Mello
Brasília - Distrito Federal - Brasil
136 textos (16392 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 22:59)
Nádia Mourão Mello