Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto de Homenagem ao Cristo Redentor

Todos os dias, quando chego,
você já está a me esperar...
Não diz nada... só me dá aconchego,
e eu, tola, me entrego no olhar...

Teus braços abertos, oferecem abrigo.
Parecem estar prontos pra me abraçar...
Tímida, sorrio, e penso comigo
que é impossível alguém não te amar...

És meu maior guia nas horas difíceis.
Tens o dom de me acalmar...
Te venero com o meu mais puro ardor.

Com você, tenho sempre momentos incríveis.
Maravilha é te ter a nos abençoar...
És meu amado, Cristo Redentor!

Geo Fênix
Enviado por Geo Fênix em 02/09/2007
Reeditado em 10/09/2007
Código do texto: T635495

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Geo Fênix
Maricá - Rio de Janeiro - Brasil, 46 anos
79 textos (4265 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 10:35)
Geo Fênix