Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Preso ao Sonhar-te

Queria estar longe de meu corpo,
Encontrar na imensidão um porto,
E te esperar na calma, silente,
Pra te dizer que sou um teu carente.

Queria sim, mesmo que fosse morto,
Pois só assim nesse desejo torto,
Louco, insano e até demente,
Encontraria quem me faz contente.

Ó loucura de mulher! Peço à Lua
Que me leve à tua bela imagem.
Peço a Deus pra te trazer miragem,

Pois eu preciso da presença tua.
Vem ser quimera de minh’alma nua,
Tu és sonho e minha carceragem.
Eduardo Tenório
Enviado por Eduardo Tenório em 03/09/2007
Código do texto: T636919

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eduardo Tenório
Balneário Camboriú - Santa Catarina - Brasil, 53 anos
149 textos (5838 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 16:10)