Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um soneto... Um nada

O nada restou de um tudo
que poderia ter sido
se na eterna procura
encontras-te o vazio...

No branco do nada
uma misteriosa corrida
do que se finda
sem nada encontrar.

Como o nada diz tanto!
Fala mais que qualquer pranto
mais que a angústia... Um sentimento!

Ela nada diz
ao dizer-te tanto!
Sem nada dizer-te...
Magaliestrela
Enviado por Magaliestrela em 11/09/2007
Código do texto: T648067

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Magaliestrela
Fortaleza - Ceará - Brasil, 63 anos
26 textos (676 leituras)
6 e-livros (88 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 17:23)
Magaliestrela