Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amar-Te É Bom...

Dedico-me ao amor que agora sinto
Indiferente ao sentimento passado
Entrego-me, me disperso, e me omito.
Na síndrome da dor do mais apaixonado

E da febre a cólera que me lacera
Tão bom remédio, é o beijo que me inebria.
Que sacia a vontade de tua espera
E acalanta minha`lma, já não febria

Então, te querer, é como um dom
Do mais divino ao mais infame
É o motivo de minha doce existência

E se, da morte, eu contemplar hoje, o velame.
Ouvirei, abafado, somente o som.
De minha tranqüila consciência
Rafael Estevan
Enviado por Rafael Estevan em 17/09/2007
Código do texto: T656357
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor, e e-mail. Raphael E.; restevan@caloi.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Estevan
Atibaia - São Paulo - Brasil, 28 anos
625 textos (125698 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 01:29)
Rafael Estevan