Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Iracema

O Sol nasce, e encontra Iracema
Ja na beira do rio, a se lavar
Sua beleza, se reflete, a luz pequena
Do Sol que se põe a admirar

E assim, a luz demora um pouco mais
A surgir, acordando os passarinhos
E a beleza de Iracema, tira a paz
Até dos mais novos pardaizinhos

Ó Iracema, para que tanta beleza
Seja humilde, e abra mão de um pouco dela
Para que as estrelas também possam brilhar

E a Lua, que o teu sono, vela
Também lhe inveja, com certeza
Pois o dia todo, tú és luar.
Rafael Estevan
Enviado por Rafael Estevan em 18/09/2007
Reeditado em 18/09/2007
Código do texto: T657306
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor, e e-mail. Raphael E.; restevan@caloi.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Estevan
Atibaia - São Paulo - Brasil, 28 anos
625 textos (127289 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 10:38)
Rafael Estevan