Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SE AO MENOS PUDESSE...


SE AO MENOS PUDESSE...



A terna lembrança de um sorriso teu
aquece-me a alma nestes dias frios;
e os ventos transportam sob o mesmo céu
calores dos beijos dos tempos estios.


Mas onde é que estás? O que aconteceu?
Porque são meus dias assim tão vazios?
Por que desta ausência tu me tornas réu
trazendo-me assim momentos sombrios?


Todo este silêncio te deixa tão longe...
Recolho-me nele como sendo um monge
saudades são tantas... que mais te dizer?


A tua presença era remédio santo.
E o nada que tenho viria a ser tanto
se ao menos pudesse... apenas te ver...


Joaquim Sustelo
(editado em COMO UM RIO...)
Joaquim Sustelo
Enviado por Joaquim Sustelo em 27/09/2007
Código do texto: T671192
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Sustelo
Portugal, 69 anos
54 textos (7478 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 08:47)
Joaquim Sustelo