Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto de mágoa.

Não atinjo tamanha fleuma
Concebes que me corróis?
Apodrecem essas fitas.
És cego pr’o que me dói.

Nada adormece querida
É ferido, roubado e expira;
Não é reversível este feito
Então recomendo: Não fira!

Porque uma vez que é sangrado
Não volta, comporta mais nada.
E depois se for lembrado

Vem estranhamente calada
A pior destas seqüelas;
que mais do que tudo enfada.

Brianna Gordon
Enviado por Brianna Gordon em 29/09/2007
Código do texto: T673166
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Brianna Gordon
Viçosa - Alagoas - Brasil, 25 anos
20 textos (737 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 03:53)
Brianna Gordon