Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOBREVIVENTE

Quantas vezes fugi do fogo,
Das lanças, dos varas-pau,
Quantas vezes vaguei cidades,
Por ser possuído pelo mal.

Anos da eternidade, se vai,
Que saudade, cai,
Por poucos insolentes,
Pela morte, sobrevivente.

Amor que protejo da sorte
Somente tirei a parte,
Que cegou e deu norte.

Amor que passou do corte,
Alimento nas minhas tardes,
Mudei de abrigo, encarte.

Gigio 30/09/07 23:25h
HerosH
Enviado por HerosH em 01/10/2007
Reeditado em 22/09/2014
Código do texto: T676545
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HerosH
Milan - Lombardy - Itália
562 textos (20838 leituras)
1 e-livros (5697 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 11:52)
HerosH