Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto do Amor Vital

Amor, que fazia meus versos lindos
Aonde foi que se escondeu?
Aonde escondeu os sorrisos
Que falsamente, me ofereceu.

Amor confesso, que  me é vital
Por que se fez tão desprezível?
Por que tornou-se tão banal
Incontrolável e incorrigível?

Amor, por que me fez chorar.
Se o que queria era te ter
Cada vez, de mim, mais perto

Agora, faz meu peito doer.
Pois não sei mais se sei Amar
Ou se amar tem um jeito certo.
Rafael Estevan
Enviado por Rafael Estevan em 03/10/2007
Código do texto: T678426
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor, e e-mail. Raphael E.; restevan@caloi.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Estevan
Atibaia - São Paulo - Brasil, 28 anos
625 textos (127281 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 21:06)
Rafael Estevan