Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÚPLICA I



Sinto-me só, que solidão intensa!
E só em pensar viver aqui eu choro,
Sufoca-me, me apavora olhar em volta
Estou só...longe do meu lar só sinto o vazio!

É tudo tão triste aqui nessa pensão, apenas soluço;
E no meu rosto rolam lágrimas de tristezas!
Num impulso, em desespero unido-se a minha dor.
Rolam lágrimas nascidas de minha isolação!

Tensa e em vão tento reter as lágrimas, inspiro!
Pálpebras pesadas fecham-se, por sofrer assim,
Viver em pensionato parece-me tão isolador e triste!

És tu oh' lágrima, apenas tu e eu cúmplices desse sofrer!
Unidas nessa dor a tentar-mos juntas sobreviver aqui,
Companheiras na solidão, início jornada em novos rumos!

OBS:chegando em Salvador (26/07/1969)
(estudante primeiro ano 2ºgrau)
Berioliveira
Enviado por Berioliveira em 05/10/2007
Reeditado em 05/10/2007
Código do texto: T681648

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Berioliveira
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 68 anos
789 textos (20692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 01:42)
Berioliveira