Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A DOR DE UM AMOR QUE JÁ PARTIU

A DOR DE UM AMOR QUE JÁ PARTIU,
NÃO É MENSURÁVEL NO SEU TODO,
DÓI NA ALMA QUE JÁ POR LÁ SORRIU,
E LACRIMEJA AO VER UM TORDO.

NÃO SE CONTENTA COM O SENTIR,
É UMA FLOR TRISTE PARA TODOS,
ONDE O SOL BATE SEM SE ABRIR,
ONDE POUSAM NELA TODOS TORDOS.


SEM A MAGIA DO DESABROCHAR,
AS ÁGUAS DO CONSOLO A REGAM,
NA DOR DE AMOR E FALTA D'AMAR.

A DOR DE UM AMOR QUE JÁ PARTIU,
PEDE AO DORMIR  UM SONHAR,
DE TROCAR UM PARTIU, POR UM VOLTAR...

jose duarte
Enviado por jose duarte em 05/10/2007
Código do texto: T682388

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jose duarte
Portugal, 48 anos
63 textos (12814 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 00:21)