Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Lua e seu sorriso em um quarto Minguante...

Na noite a brisa faz serenatas e fora
a Lua em sua glória... Ó, rainha do meu
vão destino fugaz! Agora não mais ateu
enlouquecido sem paz. Observei outrora

a Lua que pra mim sorriu um belo apogeu,
que perdurava até seu funeral a aurora,
mais parecendo um manto em lindas cores... Ora!
Com as estrelas no céu, Ela conviveu.

Ó, Lua majestosa! Encanta os leves ventos
do teu poeta que a ti é fiel, grande amante
do sorriso infantil teu de quarto minguante.

Eterno e eloqüente é o calor dos dias lentos,
que tece em finos fios, e em pura prata nua,
à lágrima que ti falece... Ó triste Lua!

Machado Gomes
Enviado por Machado Gomes em 17/10/2007
Código do texto: T698737

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Machado Gomes
Parnaíba - Piauí - Brasil, 30 anos
12 textos (26973 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 00:59)
Machado Gomes