Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vegetando na vida

Repassando do mar a poesia;
O bravo sangue que verte na alma.
Bradem deuses na canção, eu queria
a suave brisa, que me acalma.

Ruge a vida já se dissipando
e perdido na voragem do tempo…
Não sei se morro, ou se estou amando.
Sei, que na vida brada o meu lamento.

Ecoando nas veredas da serra,
o grito triste, que minha alma inunda.
Em negros rochedos que o mar desterra.

Lanço as sementes que a terra fecunda,
como poemas que a verdade encerra;
Na vivência, que esta vida aprofunda…
António Zumaia
Enviado por António Zumaia em 23/10/2007
Código do texto: T706544

Áudio
Vegetando na vida - António Zumaia
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Zumaia
Portugal
320 textos (20518 leituras)
71 áudios (5426 audições)
5 e-livros (1757 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 08:59)
António Zumaia