Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escavação

Na ânsia de chegar a algum local
Parto por mim mesma a procurar
Desço-me toda em queda vertical
Sigo-me na sombra ao remontar.

Aflige-me não ver o fundo em mim
Esse covil da alma em que me abalo
Que se escapa da luz como do fim
Se nega a responder-me quando falo.

E as mãos trementes da vã procura
Escavam pelas entranhas da razão
E na lógica deslizante da loucura

Não há meta ou fim nessa fissura
É mente livre rolando contra a mão
Só caminho sem fim e escravatura.
RoqueSilveira
Enviado por RoqueSilveira em 27/10/2007
Código do texto: T712104

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de M. Conceição Roque da Silveira e o site www.letrasdispersas.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
RoqueSilveira
Portugal
235 textos (8624 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 05:51)
RoqueSilveira